Microcontrolador de Módulo Ultrasom para medição de distancia – HC-SR04 e kit de ré

Para aqueles que gostam de abrir os equipamentos eletronicos e não se conformam em apenas olhar, mas saber como funciona e como poder utilizar da melhor forma possível a tecnologia que está ao alcance da mão, evitando um grande numero conexões entre diversos tipos de módulos, em busca de algo integrado e sem desperdícios:

A figura acima mostra um kit de sensor de distancia para monitoramento de ré de veículos, e hoje estão sendo vendidos aos “baldes”, entrei em um site de vendas online e notei o contador de vendas do anuncio marcando mais de 1700 unidades vendidas, afinal quem quer ter dor de cabeça com uma batida ou um simples arranhão, se o kit custa em torno de 35,00.

O interessante sobre este módulo do kit de ré é que tem dois microcontroladores, um na caixa de conexão dos sensores e outro no painel, sendo o painel conectado à esta caixa por meio de um fio de apenas 3 vias, alimentação e dados.

Observando as características do display de segmentos fiquei interessado em alterar o funcionamento do microcontrolador e notei que ele tem a mesma quantidade de pinos que o microcontrolador do módulo HC-SR04, muito utilizado em aplicações didáticas com Arduino e PIC.

Uma possível novidade é de que provavelmente o microcontrolador utilizado neste módulo e no do kit de ré, seja um EM78P153S ou compatível, não se tem confirmação pois o chip está raspado, tanto no HC-SR04 quanto no kit de ré, mas de acordo com a ligação dos pinos, que são 14, tudo indica isso. O referido uC é o chip do centro, logo abaixo do cristal, e também é o único raspado.

O que intriga mais é saber que este tipo de microcontrolador é do tipo OTP ROM, ou seja, só pode ser programado apenas uma única vez, o que o incapacita para adição de novas atualizações e customizações.

Observe na figura abaixo o detalhe nos pinos 5 e 6, são conectados ao cristal, e também ao pino 4 e 11, alimentação.

 

E cada vez mais novos aparelhos estão sendo fabricados com este tipo de microcontrolador que torna-se bem mais barato, pois não tem tecnologia de regravação, porém, como já mencionado, não suporta atualizações do firmware.

Portanto se estiver com alguns desses módulos para reparo, seria pouco viável em caso de necessidade de substituição do microcontrolador.

Já para um novo projeto de aparelho que tem a possibilidade de estar sendo atualizado constantemente o melhor seria a aplicação de um uC com memória Flash, além do mais se o cliente pode receber atualizações ele vai ter mais fidelidade com o desenvolvedor que está sempre lhe oferecendo uma oportunidade de estar sempre em dia com a tecnologia, e principalmente no caso de correções de falhas.

Editado: Um esquema sugere que o C.I. do módulo HC-SR04 é um STC11, porém não encontrei ainda um STC de 14 pinos:

Observe o MAX232 como driver de potencia para o emissor de Ultrasom, bem bacana já que a aplicação para comunicação serial para o qual o chip foi desenvolvido tem um tempo de chaveamento bem menor.

Boa sorte!

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: